O PENSADOR

O meio ambiente existencial humano é estabelecido pela PROCRIAÇÃO, a SOBREVIVÊNCIA e a RACIONALIDADE no ABSOLUTO em CRIAÇÃO.
A PROCRIAÇÃO é regida pela EMOÇÃO, que deflagra a atração e instala a necessidade de agrupamento. Fornecida pela testosterona no homem e progesterona na mulher.
A SOBREVIVÊNCIA é regida pela SENSAÇÃO, que deflagra a percepção e instala a necessidade de abrigo. Fornecida pela rede neurológica comandada pela coluna dorsal.
A RACIONALIDADE é regida DISCERNIMENTO, que deflagra o tato e instala a necessidade de relação.
A PROCRIAÇÃO, SOBREVIVÊNCIA e RACIONALIDADE através da emoção, instinto e intelecto deflagram a inteligência que instala a tríade: homem-terra-natureza de onde emerge a humanidade como complexo histórico de TRABALHO-EDUCAÇÃO-SEGURANÇA.
Esses três conjuntos conduzem ao suprimento de INTELIGÊNCIA como equipamento da OPERACIONALIDADE INTELECTUAL empreendida pela CONSCIÊNCIA DE ESPÉCIE, pela qual o Homem (Mulher) se reconhece solitário no Sistema Biológico que o produz e se afasta da sua originalidade divina, instalando-se em Processo Histórico, e por este, passa a ser produto da sua mente, na medida em que sufoca o seu Código Genético impresso no Sistema Biológico Solar, com o registro histórico que lhe provém do seu meio ambiente existencial. De cujo complexo sensorial ordenado pela COMUNICAÇÃO, emerge o PROPÓSITO DO UNIVERSO manifestado pelo ESTADO DE ESPONTANEIDADE DA CRIAÇÃO dentro do ABSOLUTO.

—————————————————

Minhas queridas, meus prezados, não me sinto em grau de mestre, mas, na minha profissão aprendi tudo o que a inteligência humana acumulou em pedagogia. Isto porque, sem lugar fixo para trabalhar e nem uma profissão específica para me ocupar, eu tenho de ter biblioteca, laboratórios, arquivos e registros na cabeça.E ainda um sistema de misturas de informações sigilosas, de nomes de pessoas e de metodologias operacionais para a eventualidade de cair preso onde a prisão seja aparelhado de decodificadores cerebrais, leitores de registros intra-sensoriais, etc. Então, sempre estou me atrevendo dizer coisas que não são comuns no aprendizado das pessoas e na respectiva dinâmica existencial. E uma coisa que sempre recomendo, porque minha família aplica e colhe bons resultado, são estas regrinhas fáceis de guardar: 1) Não tenha vida oculta; você não merece viver no inferno. 2) Tudo o que você tiver de fazer escondido é o que vai te fazer chorar, te trazer prejuízo ou te deixar doente depois. 3) Não queira mudar o mundo, porque todos os que acharam que podiam, não tiveram vigor e nem vida para levar até o ponto que deviam, a mudança que começaram. 4) Ganhe dinheiro, fique rico, mas se preserve separado de tudo o que você tem, e administre isso de forma a parecer aos que precisam de um rumo, que você é o caminho para eles. 5) Não fale nada que você precise pedir para não contarem pra frente. Isso é o que você não deve falar por respeito à tua idoneidade, caráter e amor ao próximo. 6) Jamais se ocupe com vingança;quem perecerá será você.7) Se você demandar uma causa que te deixou com muito ódio do adversário, ao vencê-la, estenda a mão a ele e lhe diga que tudo acabou; se for vencido abrace-o e o agradeça pelo mestre que ele foi em sua vida. 8) Nunca reclame do tempo e nem de nada do que esteja fora do teu controle, ou tão complicado que você não terá vantagem em se envolver com a coisa. 9) Não atribua nada a Deus e nem espere nada dele. Mas nunca diga que as tuas vitórias são méritos teus.Ele poderá ficar triste. 10) Não fique tentando compreender a humanidade; seja prestativo de tal forma que você nunca precise entendê-la.

______________

As vezes me acontecem coisas que não consigo entender. Amar eu amo sempre, mas me apaixonar acho que aconteceu uma única vez. Lá na Argélia. E resultou em frustração porque ela era considerada parte do parque de domínio inglês onde a sua tribo existia e não havia como tirá-la de lá. Já passou muito tempo, Ontem sonhei que estava procurando mel silvestre numa mata enorme e ela apareceu e me disse: “Aqui não tem mel mas eu guardei uma taingara cheinha pra você. Venha comigo.” Não deu pra seguí-la porque acordei.

______________

Hoje fui interpelado por um jornalista que me apresentou “documentos” que, segundo ele, “lhe foram fornecidos pela ABIN.” Não acredito, e ninguém deve acreditar. Conheço os efetivos da Abin e não tenho fato que os desabone. Mas, o jornalista me informava que “a Dilma tem 35% das Forças Armadas e os 65% restante não têm suprimento bélico para sustentar uma intervenção de derrubada da Dilma, porque o Brasil seria invadido por Cuba, Venezuela, Colômbia, Bolívia e Argentina formando um exército da UNASUL ou URSAL, que já formalizaram a constituição de um exército comum para defender a comunização do Continente.” Se fosse levantamento feito pela ABIN ela seria um órgão de informação totalmente desqualificado. Mas, se fosse verdade, e a situação estivesse mesmo nesse pé, eu não estaria no Brasil e sim nos EUA, porque 3 fatos me forçariam estar lá: 1) o terrorismo que está sediado no Brasil; 2) as centrífugas da Venezuela e da Argentina que fazem parte do programa nuclear do Irã; 3) a soberania solidária do Brasil que ampara o povo brasileiro com o “socorro militar humanitário” no contexto da globalização, já com antecedente no Afeganistão e no Iraque. E, claro, minha família estaria no Paraguai. A INTERVENÇÃO foi instaurada por mim, sobre o compromisso assinado às Forças Armadas, de ser morto e não preso se conduzisse a nação a erro. Isto significa que, se as Forças Armadas alegassem impotência bélica para efetivar a intervenção, nessa ESFERA MILITAR em que atuamos, seria confissão de traição à nação e a todo o mundo vítima do terrorismo, e confissão de soma com o terrorismo que vitima o mundo todo. E ai, o mundo vítima do terrorismo não teria outra saída senão arrasar o Brasil. A capacidade letal do mundo vítima do terrorismo comunista de bandidos está em prontidão a partir da hipótese de um enfrentamento nuclear sobre os EUA. O resto é assunto militar.

__________________________________________