CARTA À REDE GLOBO

Senhor Irineu Marinho
Diretor Presidente da TV GLOBO
Pela sua afiliada RPC de Cascavel/Pr.
O POVO NO EXERCÍCIO DIRETO DO PODER, liderado constitucionalmente pelo COMANDO
DA INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO, composto do cidadão Celio Evangelista Ferreira do
Nascimento, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Polícias Militares, Ordem dos Advogados do Brasil,
Polícias Civis, Agentes Penitenciários, Associação Comercial e Industrial de Cascavel/Pr. e TV Tarobá, no
comando supremo e autoridade suprema das Forças Armadas, solicita de V.S. as seguintes informações:
1. Em que fontes o enredo: “OS DIAS ERAM ASSIM” se embasa?
2. A quem e ao quê esse empreendimento de induzimento psicológico ao ódio do populacho
global contra as Forças Armadas serve?
3. Qual é o seu custo e quem o financia?
Lembrando que a liberdade de expressão e pensamento na democracia brasileira não é
absoluta, e sim, constitucional. Por isso, os canais de televisão são de propriedade do Povo na União. Cuja
compensação de exploração tem por pressuposto: a informação, a expansão intelectual, a unidade nacional, o
patriotismo, o civismo, a hombridade, honradez, caráter e lucidez que tipifiquem a civilização brasileira pelos
Símbolos, Valores, História e Tradições que estruturam o respectivo edifício social levantado pela vertical do
desenvolvimento evolutivo, estabelecida pela Doutrina Cristã que, desde o dia 26 de abril de 1.500, quando
Pero Vaz de Coimbra entregou a Terra descoberta em posse a Deus, ela a constrói; e assim haverá de continuar
por muito tempo, orientando a marcha de transcendência intelectual do povo brasileiro como produto de sua
própria história. Na qual, os fatos históricos instalados por anistia, cultivam a recomposição da fraternidade
nacional, no acervo cultural da nação, que não objetiva a sua desintegração familiar, social e nacional pela
exploração do ódio, da ignorância, da calúnia, da mentira, do imaginativismo satânico que, se rendeu aos srs.
irmãos Marinho uma fortuna de R$ 73 bilhões, à sua volta está a respectiva devastação com seu ponto
inaceitável no massacre de mais de 5 milhões de pessoas, com outras 14,3 milhões nos corredores de
extermínio pelo desemprego no País falido, sob a monstruosa dívida bruta de mais de R$ 7 trilhões. Diante de
cuja situação, parece ao Povo, ser dever da TV Globo mostrar à nação quem a sustenta, e de que maneira lhe
“flui” a fabulosa quantia monetária que lhe mantém “hegemonia” na indústria da comunicação nacional.
Atenciosamente.
Quartel da 15ª Bda. Inf. Mec., 5ª Div. Ex. 3ª RM, 30 de maio de 2.017
COMANDO DA INTERVENÇÃO DO POVO NO PROCESSO HISTÓRICO
na representação constitucional do povo no comando supremo e autoridade suprema das Forças Armadas
celio evangelista ferreira do nascimento
Forças Armadas – Polícias Militares – Polícia Federal – Polícias Civis – Procuradoria-Geral da
República – Justiça Federal – Agentes Penitenciários – Ordem dos advogados do Brasil
Associação Comercial e Industrial de Cascavel-ACIC – TV Tarobá
(Adesões no Procedimento Interventorial)

CARTA À GLOBO.PDF

 

“OS DIAS ERAM ASSIM”
Miriam Leitão, a “Amélia” do PC do B.
Em dezembro de 1972, ano em que Miriam Leitao foi presa, identificada como a militante “Amelia”, do PC do B, mais de cem pessoas tinham sido mortas em consequência de atentados terroristas, 300 bancos tinham sido assaltados por terroristas, 300 militantes comunistas haviam sido enviados para cursos de terrorismo na China e em Cuba, vários quartéis haviam sido assaltados para roubo de armamento, 3 diplomatas haviam sido sequestrados, militares estrangeiros haviam sido justiçados, vários atentados à bomba haviam sido executados – dentre eles o do Aeroporto dos Guararapes e o ataque ao QG do II Exército – e a Guerrilha do Araguaia – comandada, patrocinada e mobiliada por agentes do PC do B – estava em curso de operações, em vista disso, é fácil concluir que a militância da jovem jornalista e de seu namorado nos quadros do partido os enquadrava na categoria de agentes do terrorismo.(General Paulo Chagas)

Anúncios

Comentários desativados em CARTA À REDE GLOBO

Arquivado em Comentários, Documentos, Forças Armadas, Notícias do Front, PROJETO AMAZÔNIA

Os comentários estão desativados.