COMITÊ DA INTERVENÇÃO

VEJA O DOCUMENTO

comiteCOMITÊ DA INTERVENÇÃO

 

ESTE ATO DE CIDADANIA INSTITUTIVO DO COMITÊ DA INTERVENÇÃO. O POVO BRASILEIRO formado de Nação­Território­Soberania, autoproclamado no Preâmbulo da Constituição em Poder Constituinte, pelo qual se institui em Estado Democrático de Direito, no art. 1º caput e incs. I,II e Parág. único, com o art. 4º incs. II, III da Constituição, e se constituí em Ente Político de civilização distribuído em organização federativa pela mesma, através das Constituições Estaduais e Leis Orgânicas Municipais; encarnado pela Instituição da Presidência da República na Magistratura de Estado em Foro de Soberania; onde se bifurca pela cidadania em: a) poder civil constitucional, mandatário, transitório indireto, formado dos partidos políticos no art. 1º incs. II,V e Parág. único, com o art. 14 incs. e §§ e art. 17 incs. e §§, art. 27 § 1º, art. 28, art. 29 inc. II, art. 46 e o art. 76, da Constituição, no Colegiado Mandatário composto do Presidente e Vice­Presidente da República, Presidente da Câmara dos Deputados, Presidente do Senado federal e Presidente do STF; b) poder militar constituinte, permanente direto, formado das patentes eleitorais de comando supremo e autoridade suprema das Forças Armadas, no art. 1º incs. I,II e Parág. único, com o art. 4º incs. II,III, o art. 84 incs. XIII e o art. 142 com o art. e o art. 91 inc. VII da Constituição no Colegiado Constituinte, composto dos Comandantes Superiores da Armada, Exército e Aeronáutica. Com a sua sede constitucional no Palácio do Planalto, Praça dos Três Poderes, Brasília/DF. Aqui personificado constitucional ­mente pelo cidadão celio evangelista ferreira do nascimento, brasileiro, casado, jurista, RG nº 788947/MS, CPF nº 198.285.009­49, com título de cidadania instituído no art. 14 § 1º, inc. II da Constituição e inscrição eleitoral 0038.4759.0647­Brasília/DF, com endereço operacional de cidadania no Quartel General do Exército – SMU – Brasília/DF, e os demais que o acompanham na INTERVENÇÃO CONSTITUINTE contra a TIRANIA OLIGÁRQUICA COMUNISTA TERRORISTA FUNDAMENTALISTA DE BANDIDOS tipificada pela RAZÃO DE ESTADO na dinâmica do Regime e a CRISE INSTITUCIONAL DE ESTADO na Instituição da Presidência da República, com a FALENCIA DO BRASIL e o CAOS SOCIAL, constante da reação de cidadania perante a Corte Constituinte, e pelo PO 1300820 – 7.2.2013, perante o ACFA, formalizado pelos PROTOCOLOS: STF 0038341, 29.2.2012, PR CODIN/POT/19.02.2012; SF29.02.2012; SF17.07.2012; SF11.06.2012 STF; PGR CD PR SF; CFA 117.419 29.02012 30.05.2012, 10.10.12; DPF/MS 08335.025373/2012­65 27.11.2012; DPF/ MS 335.005016/2013­61 28.01.2013; DPF/DF 08001.08335.0032 35/2002­5; 08001.008976/2012­74; 08001.014173/20 12­59 – COGER/DPF; 08200.008079/2013­03; 08200.008592/2013­96; DPF/CEVEL­PR 02.05.2013; MPF/MS­00000744/2014; PR­MS­00019658/2013. PR­MS­00000744/2014– 000 07 443 /2014 – 00007787/2014 – A.D. SF 15492345 1 BR; MPE/MS­PGJ – 043779­2/2; 018742­2/2019223­2/2M; CD 006198­ 30.9.13; SPF 08335,006262/ 2014­11; PGR 00001654/2014; PGR 0007443 PR 04.09.2013; PR JG 642440674BR STF AR­J6603237679BR; PF 08335.018120/2014­05; PGJ 022451­2/2; 022450­2/2 022450­2/2; 018742­2/2; 019223­22/, 01237180; 151113 1403 67; 01238632­1; 10123 1355; 11988/2014, 01237180; 151113 1403 67; 01238632­1; 10123 1355; 11988/2014, PGR 10058/2014. STF SF 82200437/2014; STF PE 6197258220; ACFA PE 513259353JH; STF PE 513269996JH; STF PE 619725820JH; PRM­CAC­PR 10058/2014; PR PRM­CAC­PR 00010318/2014, além de outros, na execução da INTERVENÇÃO CONSTITUINTE no POVO BRASILEIRO EM INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO EM FORO DE SOBERANIA COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMADAS. Processo Histórico, que já instalou desde o dia 06.07.2016 pelo exercício direto do poder no art. 1º incs. I,II e Parág. único, com o art. 4º incs. II, III, VIII, o art. 5º caput e incs XLIII, LXXIII, §§ 2º e 3º, com o art.. 37 caput, o art. 84 inc. XIII e o art. 142, o art. 144 caput, com o art. 127, o art. 102 caput e o art. 80, da CF, que recepcionam o art. 1º com o art. 5º n. 1, o art. 10º n. 1, 2 da Convenção Americana Sobre Direitos Humanos, o art. 2º com o art. 21 n. 1 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, a Resolução do CS/ONU n. 1.373 de 28.09.2001, e faz aplicável o art. 6º com o art. 8º da Carta Democ. Interamericana e o art. 55 c, da Carta da ONU, com o Dec. nº. 5.639 de 26.12.2005, e o Dec. nº. 4.388 de 25.09.2002, por este Ato de Cidadania Institutivo, instala o COMITÊ DA INTERVENÇÃO, de natureza constitucional transitória de cidadania, com personalidade jurídica na UNIÃO FEDERAL, CNPJ nº 29.979.036/0001­40, sediado no Centro Comercial Condomínio Terminal d’Oeste, (Rodoviária Velha) na Rua interna I, Quadra S, Bloco E, Salas 22/23, Centro, CEP 79008­060, Campo Grande/MS, e desempenho em toda a República, através dos Comitês em que ele se distribuir. Com a sua TESOURARIA a cargo da cidadão Carina Evangelista Ferreira Lorenzo, CPF 031,203,079­71, que constitucionalmente personifica o povo na INTERVENÇÃO, situado na Rua Presidente Kennedy, 889, Centro, na cidade de Cascavel­PR. Sob a responsabilidade de Celio Evangelista Ferreira do Nascimento. Tendo como PATRONOS HISTÓRICOS: Frei Henrique de Coimbra; Felipe Camarão; André Vidal de Negreiros; Henrique Dias; Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes); José Bonifácio de Andrade e Silva; Luiz Alves de Lima e Silva; Manoel Deodoro da Fonseca. PATRIOTAS BENEMÉRITOS: Humberto de Alencar Castelo Branco; Artur da Costa e Silva; Emílio Garrastazu Médici; Ernesto Bekmann Geisel; João Batista de Oliveira Figueiredo; Golbery do Couto e Silva; Ulysses da Silveira Guimarães. MÁRTIRES: Mário Cozel Filho e Michael Augusto Mikami; SÍMBOLOS CULTUADOS: Bandeira do Brasil; Brasão das Forças Armadas; Constituição; Logomarca do Projeto Amazônia – Soberania, Poder e Riqueza pelo caminho da roça; Brasão das Olimpíadas do Saber, Inteligência, Arte Cultura e Ciência. SUPORTE ORIENTADOR: Democracia Cristã; Soberania de Consciência; Diversidade Cultural; Hierarquia Social; Disciplina Constitucional. VALORES INSUPERÁVEIS: Hombridade; Honradez; Caráter; Trabalho; Segurança; Saúde; Educação; Progresso. FUNDAÇÃO POLÍTICO­ECONÔMICA: A Espécie Humana é uma totalidade física, uma totalidade mental e uma totalidade espiritual realizando a sua finalidade de procriar, sobreviver e raciocinar pela qual opera o PROPÓSITO de Deus de povoamento da Eternidade. Dessa essência absoluta emerge a evidência de que dependemos uns dos outros e por isso temos de ser racionais, lúcidos, fraternos, cooperativos, e hereditários. EMPREENDIMENTO: Efetivação da INTERVENÇÃO CONSTITUINTE no Processo Histórico, em Foro de Soberania pela Constituição assentada nas Forças Armadas e Polícia Federal, objetivando: 1) recuperação da vocação de liberdade e diversidade da civilização brasileira; 2) restabelecimento do Estado Democrático de Direito, pluralista, rotativo, meritório; 3) restauração da unidade da nação em sua diversidade genética, intelectual, religiosa e social dentro dos ditames do bom senso e dos dogmas constitucionais que identificam a civilização brasileira. 4) encaminhamento do País para o trabalho, em canteiro de obras de edificação da Pátria pelo Projeto Amazônia – Soberania, Poder e Riqueza pelo caminho da roça, através da Economia Trabalhista Educativa, constituída pelo Cooperativismo de Estado que reúne Iniciativa Privada e Governo, Campo e Cidade, na transformação da tríade econômica natural: Homem­Terra­Natureza em progresso para qualidade de vida. O Comitê se rege pela Constituição da República, executada segundo as dotações de hombridade, honradez, caráter e bom senso da espécie humana; sujeito, em si, e em seus integrantes, às leis penais e civis do Brasil. Os milhares de cidadãos e cidadãs que sustentam desde início no Facebook, com Celio Evangelista Ferreira do Nascimento a reação de cidadania compõem o patrocínio constitucional da INTERVENÇÃO e com os demais cidadãos e cidadãs integrantes do Comitê da Intervenção são representantes constitucionais da nação, em toda a plenitude constitucional do Foro de Soberania nas Forças Armadas, que a representarão in solidum independentemente de assinatura expressa ou tácita nos respectivos atos institucionais de cidadania; ficando ratificado todo o procedimento que registra a reação de cidadania perante os poderes constitucionais, instituições e organismos públicos, nacionais e internacionais, constantes dos protocolos aqui mencionados, como emanações constituintes da representação constitucional da nação aqui agregada. Constituem objetos de ação do Comitê da Intervenção: 1) a popularização da INTERVENÇÃO POVO BRASILEIRO EM INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO EM FORO DE SOBERANIA COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMADAS. por todos os meios legais e vias de comunicação gratuita e paga; explicando os motivos que a impõe e os seus objetivos; esclarecendo a população sobre a Constituição, a democracia brasileira, as Forças Armadas e a Polícia Federal; apresentando à discussão pela nação o Projeto Amazônia; 2) convocação e organização da população para manifestações de praça pública; e exposição do cidadão Celio Evangelista Ferreira do Nascimento às considerações da nação para a ocupação interina da Presidência da República em regime de intervenção contra as causas que a motivam; 3) desempenhos perante os foros nacionais e internacionais, no âmbito da SOBERANIA SOLIDÁRIA, que a INTERVENÇÃO IMPUSER; 4) questionamentos sobre toda a dinâmica política e estado econômico, social e moral da civilização brasileira; 5) engajamento da nação na INTERVENÇÃO CONSTITUINTE; 6) engajamento da nação no suprimento de custos do empreendimento. As remunerações observarão rigorosamente os dogmas da efetiva prestação do serviço patriótico no âmbito da intervenção. Todo o equipamento e instrumental operacional que for adquirido para o desempenho da intervenção serão entregues ao Ministério da Defesa. O Comitê da Intervenção se extinguirá automaticamente com a consolidação da INTERVENÇÃO CONSTITUINTE no Processo Histórico, por via pacifica ou de força, que se verificará pela superação da anarquia oligárquica comunista terrorista fundamentalista de bandidos que submete o Brasil. São membros constitucionais do Comitê da Intervenção em grau de Foro de Soberania, os efetivos das Forças Armadas, da Polícia Federal e das Polícias Militares, dos Poderes Constitucionais, do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil; e o integram como expressão do PODER CONSTITUINTE NA ETERNIDADE DA PÁTRIA: “Gen Bda Paulo Chagas – Presidente do TERNUMA ­ Cel Inf Paulo Cesar Fonseca – secretário Executivo do TERNUMA ­ Gen Bda Nelson Santini Júnior­ Cel Inf Ronaldo do Vale Brito­ Cel Inf Nilton Nunes Ramos­ Dr Gustavo Groszewicz Brito – Advogado Gen Bda Newton Mousinho de Albuquerque ­ Gen Bda Álvaro de Souza Pinheiro Gen Ex JoséCarlos Leite Filho ­ Gen Ex Maynard Marques de Santa Rosa Cel Inf Adonai de Ávila Camargo ­ Gen Bda Luiz Eduardo Rocha Pia – Cel Inf Norton Luiz Silva Costa; Eliana Barros Gonçalves; Carlos Prudente Roque Seroa da Motta; Cecilia Moro; Roberto Soares; Dirce Hansel; Cel Inf Aluisio Madruga de Moura e Souza ­ Dr Francisco Ramos ­ Engenheiro Químico ­ Dr Sérgio Pegoraro ­ Engenheiro Civil ­ Cel Cav Jorge Alberto Forrer Garcia ­ Cel Com James Correa Caldas ­ Cel Art Marco Antonio Esteves Balbi Gen Ex Armando Luiz Malan de Paiva Chaves ­ Cel Art Carlos Alberto Brilhante Ustra Sra Marilia S. Pegoraro ­ Cel Cav José Renato Costa Hilsdorf ­ Sr Mário Sérgio de Oliveira ­ Veterano da Polícia do Exército ­ Cel Eng Albérico da Conceição Andrade Gen Bda António Florêncio Silva Gen Div Ulisses Lisboa Perazzo Lannes Cel Inf Roberto Barbosa ­ Cel Eng Luiz Osório Marinho Silva ­ Cel Inf Cláudio Eustáquio Duarte ­ Cel Inf Sergio Mauricio Marques /Tu 67 ­ Cel Inf Edson Franco Immaginario Cel Inf Edu Caldeira Antunes ­ Cel Inf Marco Antônio Cunha ­ Cel Inf Waldir Mattos ­Cel Inf Juarez Antonio da Silva ­ Cel IE Marco Aurélio dos Santos Amaral Cel Inf Antônio Rodrigues da Silva Filho ­ Cel Inf Joaquim de Castro Junior Cel QEM Paulo Sérgio de Carvalho Alvarenga  ­Cel MB Jeová Ferreira Rocha Dr Antônio Luis Fernandes Astorga ­ Cad Art / Eng e Adv ­ Cel Ronaldo Costa Magalhães Cel Sebastiao Celio de  Aquino Almeida ­ Cel Int Samuel Bohler de Oliveira ­ Cel Inf Renato Cevenini Salvador Ramos ­ Cel IE Francisco Eduardo Ferreira da SilvaCel Inf Paulo Cesar Alves Schütt­ 71­ Cel Eng Gilberto Machado da Rosa ­ Cel Cav Jones Moura do Amaral ­ Sd Ricardo Henrique Vitti ­ SR Francisco Ramos­ SR Antonio Carlos da Costa Portela ­ Cel Luiz Ernani Caminha Giorgis ­ SR Alexandre Cordeiro SR(a) Maria Cristina Beraldo Santini ­ SR João Rogério Bocicovar ­ SR Thiago Groszewicz Brito ­ SR Marcio Menezes Mendonça ­ SR(a) Salete Oliveira Gen Sergio Pedro Coelho Lima ­ SR Pedro Dalgis Vences Leal ­ Cap Pedro Celestino Alves TabajaraSR Fernando Dias Ramos ­ Gen Osmário Monteiro Zan ­ Cb Edison José Garrett Cel Com Vanildo Braga Vilela ­ SR Italo Jose Cardoso ­ Cel Ariel Martim de Oliveira e Silva Junior ­ Professor(a) Carmelina Henriques Alves ­ SR Pedro Paulo Leite do Prado Cel Com Gabriel Cruz Pires Ribeiro ­ Cel Walber Guerreiro Pinheiro ­ Cel Geraldo Pereira de Paula ­ Ten Cel Rene Silveira ­ Sr Carlos I.S. Azambuja ­ Gen Valmir Fonseca Azevedo Pereira ­ Sr Benedito Delfino da Silva Junior ­ Cel Auler Afonso J C ­ Sr Antonio Augusto Teixeira de Freitas ­ Sr Alberto Marzullo ­ Sra Érica Rosa Trindade­ Sr Josenilton Ferreira ­ Sr Euclydes Corrêa de Souza Filho ­ Sr Tiago Ozolin ­ Sr Sergio Marcelo Dolgoruky ­ Dra Geórgia Las Casas ­ Dr Teódulo Calasans De Almeida ­ Sr Adilson Martins Gonçalez ­ Sr Roberto Asterio de Castro Guerra ­ Sra Grasiela POVO BRASILEIRO EM INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO EM FORO DE SOBERANIA COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMANDAS. Gonçalves Perez ­ Cel Mileno Feitosa de Araújo ­ Sra Bernardete de Almeida Costa Sr Antonio Araujo Medeiros ­ Gen Newton Mousinho de Albuquerque ­ Sr Rui Mendes ­ Sr Doriel Locatel de Oliveira ­ Sra Rosana Pie ­ Cel Jose M Medeiros ­ Ten Cel Juarez Marcon ­ Sr Pedro Dalgis Vences Leal ­ Cel Aldemir Soares de Alencar ­ Sr Roberto Luiz da Rocha ­ Cel Paulo Delage ­ Sr Hoche Luiz Pulcherio ­ Cel Arlindo Souza ­ Profª Iara Maria Caetano Jacques ­ Srª Sandra Ferreira Marins ­ Sr Nelson Ferreira Filho ­ Sr Matheus Dias ­ Srª Maria Lucia Antunes Correa ­ Gen Pedro Fernando Malta ­ Maj George Pereira Santa Rosa ­ Cel QMB Aguinaldo Paulo Nascimento ­ Ten Cel Luis Azambuja Contreiras Rodrigues ­ Cel Ademar Antonio Eberl Garlipp ­ Sr Ricardo Arruda Labatut Rodrigues ­ Dr Leocádio Celso Gonçalves – Médico ­ Cel Alexandre E Javoski Gama­ Gen Abelardo Prisco de Souza Junior ­ Sr Marcos Martinelli ­ Sr Marco Antonio Sá Srª Carolina Vignolo Chagas Sette ­ Sr Rafael Ramos Sette ­ Sr José Paulo Vieira Salles Sr Marco Antonio Sávio Costa ­ Sr Antonio Carlos Iranlei ­ Profª Sheila M C ertrand ­ Gen Div Gilberto Rodrigues Pimentel ­ Profª Luci Tavares de Ascenção Cel Cav Raul Mario Magalhães Ribeiro ­ Cel Vet Cyro Floriano Rivaldo Filho ­ Srª iesela Getzel ­ Sr Frederico Frazão ­ Sra Suely rangel da Silva ­ Ten Cel Inf Áureo Torres de Oliveira Júnior. 01 ­ Gen Ex Pedro Luiz de Araujo Braga 02 ­ Gen Ex Angelo Baratta Filho 03 ­ Gen Ex Luiz Guilherme de Freitas Coutinho 04 ­ Gen Ex José Carlos Leite Filho 05 ­ Gen Ex Domingos Miguel Antônio Gazzineo 06 ­ Gen Ex José Luis Lopes da Silva 07 ­ Gen Ex Luiz De Góis Nogueira Filho 08 ­ Gen Ex Valdésio Guilherme de Figueiredo 09 ­ Gen Ex Gilberto Barbosa de Figueiredo 10 ­ Gen Ex Luiz Edmundo Maia de Carvalho 11 ­ Gen Ex Antônio Araújo de Medeiros 12 ­ Ten Brig Ar (Refm) Ivan Frota 13 ­ Gen Ex Domingos Carlos Campos Curado 14 ­ Gen Ex Ivan de Mendonça Bastos 15 ­ Gen Ex Rui Alves Catão 16 ­ Desembarg do Tribunal de Justiça/RJ Bernardo Moreira Garcez Neto 17 ­ Gen Ex Cláudio Barbosa de Figueiredo 18 ­ Gen Ex Carlos Alberto Pinto Silva 19 ­ Gen Ex Luiz Cesário da Silveira Filho 20 ­ Gen Ex Maynard Marques de Santa Rosa 21 ­ Gen Div Francisco Batista Torres de Melo 22 ­ Gen Div Amaury Sá Freire de Lima 23 ­ Gen Div Leone da Silveira Lee 24 ­ Gen Div Cássio Rodrigues da Cunha 25 ­ Gen Div Aloísio Rodrigues dos Santos 26 ­ Gen Div Robero Viana Maciel dos Santos 27 ­ Gen Div Marcio Rosendo de Melo 28 ­ Gen Div Luiz Carlos Minussi29 ­ Gen Div Gilberto Rodrigues Pimentel 30 ­ Gen Div Ulisses Lisboa Perazzo Lannes31 ­ Gen Div Luiz Wilson Marques Daudt 32 ­ Maj Brig Ar Edilberto Telles Shirotheau Corrêa 33 ­ Maj Brig do Ar CezarNey Britto de Mello 34 ­ Maj Brig Ar Irineu Rodrigues Neto 35 ­ Maj Brig Ademir Siqueira Viana 36 ­ Gen Div Clóvis Puper Bandeira 37 ­ Gen Div Roberto Schifer Bernadi 38 ­ Gen Div Remy de Almeida Escalante 39 ­ Gen Div Sérgio Ruschell Berganaschi 40 ­ Gen Div Sérgio Pedro Coelho Lima 41 ­ Gen Bda Rui Leal Campello ­ Detentor do Bastão da FEB 42 ­ Brig Ar Leci Oliveira Peres 43 ­ Gen Bda Dickens Ferraz 44 ­ Gen Bda Paulo Ricardo Naumann 45 ­ Gen Bda Gilberto Serra46 ­ Gen Bda Aricildes de Moraes Motta 47 ­ Gen Bda Durval A. M. P. de Andrade Nery48 ­ Gen Bda Carlos Augusto Fernandes dos Santos 49 ­ Gen Bda Miguel Monori Filho50 ­ Gen Bda Iberê Mariano da Silva 51 ­ Gen Bda Eduardo Cunha da Cunha 52 ­ Gen Bda Tirteu Frota 53 ­ Gen Bda César Augusto Nicodemus de Souza 54 ­ Gen Bda Geraldo Luiz Nery da Silva 55 ­ Gen Bda Marco Antonio Felício da Silva 56 ­ Gen Bda Newton Mousinho de Albuquerque 57 ­ Gen Bda Paulo César Lima de Siqueira 58 ­ Gen Bda Marco Antonio Tilscher Saraiva 59 ­ Gen Bda Manoel Theóphilo Gaspar de Oliveira 60 ­ Gen Bda Hamilton Bonat 61 ­ Gen Bda Elieser Girão Monteiro 62 ­ Gen Bda Pedro Fernando Malta 63 ­ Gen Bda Mauro Patrício Barroso 64 ­ Gen Bda Marcos Miranda Guimarães 65 ­ Gen Bda Zamir Meis Veloso 66 ­ Gen Bda Valmir Fonseca Azevedo 67 ­ Gen Bda Marco Antônio Sávio Costa 68 ­ Brig.Ar Sérgio Luiz Millon 69 ­ Gen Bda Carlos Eduardo Jansen 70 ­ Gen Bda Mario Monteiro Muzzi 71 ­ Gen Bda Paulo Roberto Correa Assis 72 ­ Gen Bda Iram Carvalho 73 ­ Brig Ar Danilo Paiva Alvares 74 ­ Gen Bda José Alberto Leal 75 ­ Gen Bda José Luiz Gameiro Sarahyba 76 ­ Gen Brig Ar ­ Guido de Resende Souza 77 ­ Gen Bda Sady Guilherme Schmidt 78 ­ Contra­ Alm Med Luiz Roberto Matias Dias Oficiais Superiores: 01 ­ Cel Jarbas Gonçalves Passarinho 02 ­ Cel Carlos de Souza Scheliga 03 ­ Cel Carlos Alberto Brilhante Ustra 04 ­ Cel Ronaldo Pêcego de Morais Coutinho 05 ­ Capitão­de­Mar­e­Guerra Joannis Cristino Roidis 06 ­ Cel Celso Seixas Marques Ferreira 07 ­ Cel Pedro Moezia de Lima 08 ­ Cel Cláudio Miguez 09 ­ Cel Yvo Salvany 10 ­ Cel Ernesto Caruso11 ­ Cel Juvêncio SaldanhaLemos 12 ­ Cel Paulo Ricardo Paiva 13 ­ Cel Raul Borges14 ­ Cel Rubens Del Nero 15 ­ Cel Ronaldo Pimenta Carvalho 16 ­ Cel Jarbas Guimarães Pontes 17 ­ Cel Miguel Netto Armando 18 ­ Cel Florimar Ferreira Coutinho 19 ­ Cel Av Julio Cesar de Oliveira Medeiros 20 ­ Cel.Av.Luís Mauro Ferreira Gomes 21 ­ Cel Carlos Rodolfo Bopp 22 ­ POVO BRASILEIRO EM INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO EM FORO DE SOBERANIA COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMADAS. Cel Nilton Correa Lampert 23 ­ Cel Horacio de Godoy 24 ­ Cel Manuel Joaquim de Araujo Goes 25 ­ Cel Luiz Veríssimo de Castro 26 ­ Cel Sergio Marinho de Carvalho 27 ­ Cel Antenor dos Santos Oliveira 28 ­ Cel Josã de Mattos Medeiros 29 ­ Cel Mario Monteiro Campos 30 ­ Cel Armando Binari Wyatt 31 ­ Cel Antonio Osvaldo Silvano 32 ­ Cel Alédio P. Fernandes 33 ­ Cel Francisco Zacarias 34 ­ Cel Paulo Baciuk 35 ­ Cel Julio da Cunha Fournier 36 ­ Cel Arnaldo N. Fleury Curado 37 ­ Cel Walter de Campos 38 ­ Cel Silvério Mendes 39 ­ Cel Luiz Carvalho Silva 40 ­ Cel Reynaldo De Biasi Silva Rocha 41 ­ Cel Wadir Abbês 42 ­ Cel Flavio Bisch Fabres 43 ­ Cel Flavio Acauan Souto 44 ­ Cel Luiz Carlos Fortes Bustamante Sá 45 ­ Cel Plotino Ladeira da Matta 46 ­ Cel Jacob Cesar Ribas Filho47 ­ Cel Murilo Silva de Souza 48 ­ Cel Gilson Fernandes 49 ­ Cel José Leopoldino e Silva 50 ­ Cel Pedro Carlos Pires de Camargo 51 ­ Cel Antonio Medina Filho 52 ­ Cel José Eymard Bonfim Borges 53 ­ Cel Dirceu Wolmann Junior54 ­ Cel Sérgio Lobo Rodrigues 55 ­ Cel Jones Amaral 56 ­ Cel Moacyr Mansur de Carvalho 57 ­ Cel Waine Canto 58 ­ Cel Moacyr Guimarães de Oliveira 59 ­ Cel Paulo Carvalho Espindola 60 ­ Cel Nelson Henrique Bonança de Almeida 61 ­ Cel Roberto Fonseca 62 ­ Cel Jose Antonio Barbosa 63 ­ Cel Jomar Mendonça 64 ­ Cel Carlos Sergio Maia Mondaini 65 ­ Cel Nilo Cardoso Daltro 66 ­ Cel Vicente Deo 67 ­ Cel Av Milton Mauro Mallet Aleixo 68 ­ Cel José Roberto Marques Frazão 69 ­ Cel Brigido Montarroyos Leite 70 ­ Cel Flavio Andre Teixeira 71 ­ Cel Jorge Luiz Kormann 72 ­ Cel Aluísio Madruga de Moura e Souza 73 ­ Cel Aer Edno Marcolino 74 ­ Cel Paulo Cesar Romero Castelo Branco 75 ­ Cel Carlos Leger Sherman Palmer76 ­ Cel Gilberto Guedes Pereira 77 ­ Cel Carlos da Rocha Torres 78 ­ Cel Paulo Soares dos Santos 79 ­ Cel Mário Luiz de Oliveira 80 ­ Cel Wilson Musco 81 ­ Cel Luiz Fontoura de Oliveira Reis 82 ­ Cel Rubens Reinaldo Santana 83 ­ Cel Arthur Paulino Tapajoz de Souza 84 ­ Cel Josimar Gonçalves Bezerra 85 ­ Cel Affonso Correa de Araújo 86 ­ Cel Era Derli Stopato da Fonseca 87 ­ Cel Elmio David Dansa de Franco 88 ­ Cel Antonio Carlos Pinheiro 89 ­ Cel Av Silvio Brasil Gadelha 89 ­ Cel Av Sílvio Barreto Viana 90 ­ Cel Jorge aetano Souza do Nascimento 91 ­ Cel Sérgio Augusto Machado Cambraia 92 ­ Cel Manoel Soriano Neto 93 ­ Cel Nelson Roque Vaz Musa 94 ­ Cel Rubens Vaz da Cunha 95 – Cel Mário Muzzi 96 ­ Cel Luiz Caramuru Xavier 97 ­ Cel Av Valdir Eliseu Soldatelli 98 ­ CMG (FN) Guilherme Gonzaga 99 ­ CMG Cesar Augusto Santos Azevedo 100 ­ Cel José Alberto Neves Tavares da Silva 101 ­ Cel Pedro Figueira Santos 102 ­ Cel Respício Antonio do Espírito Santos 103 ­ Cel Av Silvio da Gama Barreto Viana 104 ­ Cel Djair Braga Maranhoto 105 ­ Cel Airton Alcântara Gomes 106 ­ Cel Arcanjo Miguel Vanzan 107 ­ CMG Francisco Heráclio Maia do Carmo 108 ­ Cel Ary Vieira Costa 109 ­ Cel Ricardo Perera de Miranda 110 ­ CMG Edmundo Amaral Baptista 111 ­ Cel Nicolau Loureiro Neto 112 ­ Cel AV Sérgio Ivan Pereira 113 ­ CMG Geraldo da Fonseca 114 ­ Cel Nelsimar Moura Vandelli 115 ­ Cel Cesar Augusto de Jesus Magalhães 116 ­ Cel Rogério Oliveira da Cunha 117 ­ Cel José Augusto de Castro Neto 118 ­ Cel Benedito Luiz Longhi 119 ­ CMG Rogério Ferreira Esteves 120 ­ Cel Albérico da Conceição Andrade 121 ­ Cel Orlando Galvão Canário 122 ­ Cel AV José Alfredo de Tolosa Andrade 123 ­ Cel Pedro Arnóbio de Medeiros 124 ­ Cel Sérgio dos Santos Lima 125 ­ Cel Cezar Nunes de Araújo 126 ­ Cel Ivan Fontelles 127 ­ Cel Paulo Soares de Souza 128 ­ Cel Renato Brilhante Ustra 129 ­ Cel Ariel Rocha de Cunto 130 ­ Cel Rui Pinheiro Silva 131 ­ Cel Milton Moraes Sarmento 132 ­ Cel Paulo Sérgio da Silva Maia 133 ­ Cel Ney de Oliveira Waszak 134 ­ Valneir de Mesquita Nobre 135 ­ Cel Abilio Ramos Pimenta. Gen.Ex. Francisco Batista Torres de Melo; GENERAIS DE EXÉRCITO SIGNATÁRIOS: Leônidas Pires Gonçaves (***); Zenildo Zoroastro de Lucena (***); Rubens Baima Deny (***); José Enaldo Rodrigues de Serqueira (**); José Luiz Lopes da Silva (**); Valdesio Guilherme de Figueiredo (**); Raymundo Nonato Cerqueira Filho (**); Pedro Luiz de Araujo Braga; Antonio de Araujo Medeiros Frederico Faria Sodré de Castro; Luiz Gonzaga Schroeder Less; Gilbrto Barbosa de Figueiredo; Rômulo Bini Pereira; Claudio Barbosa de Figueiredo; Domingos Carlos de Campos; Ivan de Mendonça Basto; Paulo Cesar de Castro; Luiz Edmundo Maia de Carvbalho; Luiz Cesar da Silveira FilhoJosé Benedito de Barros Moreira; Maynard Marques Santa Rosa; Rui Alves Catão; Augusto Heleno Ribeiro Pereira; Rui Monarca da Silveira; Américo Salvador de Oliveira; e Gilberto Barbosa Arantes (*)­ANTIGOS MINISTROS DE ESTADO(**)­ANTIGOS MINISTROS DO STM.” (PRESENÇA IN MEMORIAM PELA HONRA MILITAR E CÍVICA DA NAÇÃO NOS QUE FALECERAM DEPOIS DE TEREM FIRMADO A REAÇÃO DE CIDADANIA EM ARMAS ). Haverá, na sede do comite nacional e dos comitês dele derivados, um livro de inscrições para as pessoas que quiserem integrá­lo como apoiadoras; rejeitando­se liminarmente pessoas suspeitas de participação em organizações criminosas e no Foro de São Paulo. Os comitês derivados terão responsaveis gestoriais próprios, e autonomia POVO BRASILEIRO EM INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO EM FORO DE SOBERANIA COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMADAS. sujeita aos princípios penais das responsabilidades in eligendo e in vigilando que instituem Celio Evangelista Ferreira do Nascimento em posição hierárquica sumária, direta e imediata; dentro dos objetivos da INTERVENÇÃO CONSTITUINTE, e sujeitos à prestações de contas ao Comite Nacional. O custeio do Comitê da Intervenção em toda a sua distribuição operacional estará a cargo da TESOURARIA à administração da cidadã Carina Evangelista Ferreira Lorenzo, CPF n.031.203.079­71 conta­corrente n. 00052899­0 Agência n.1552013, Caixa Econômica Federal; conta corrente n. 44885­1, Agência n. 9168 Banco Itaú S.A., suprida por doações voluntárias e expontâneas, e por participações financeiras à devolução pelo Tesouro Nacional, documentadas com os respectivos recibos na forma aprovada pela União no Ministério Público Federal, Polícia Federal e Forças Armadas; aberta à fiscalização por todos, e pela Polícia Federal, Ministério Público e Comandos das Forças Armadas. Na dissolução do Comite Constituinte será feita prestação de contas ao Alto Comando das Forças Armadas e ao Tesouro Nacional, arrolando os recursos financeiros dispendidos que o Tesouro Nacional deverá devolver; independentemente dos prejuizos da nação que se somam ao saqueamento do País, massacre da Nação e destruição da Patria, que forem reclamados das hostes de bandidos respetivos. O Comitê da Intervenção, nas três esferas republicanas, lavrará ata das suas reuniões e as deliberações nelas tomadas serão apresentadas ao Alto Comando das Forças Armadas, perante o Exmo. Sr. Comandante do Exército, em sede de Corte Constituinte no Supremo Tribunal Federal. Este Ato é arquivado ao Alto Comando das Forças Armadas; Poderes Constitucionais; Procuradoria da República; Advocacia­Geral da União; Ordem dos Advogados do Brasil; Ministério da Fazenda e no Tesouro Nacional. São patrocinadoras por contribuição da INTRVENÇÃO CONSTITUINTE nesta data, as cidadãs: Joseane Evangelista Ferreira Giacomini; Jucemara Evangelista Ferreira; Juceli Evangelista Ferreira Fernandes; Carina Evangelista Ferreira Lorenzo. Campo Grande/MS, 27 de julho de 2.016.                                        _______________________________                                        celio evangelista ferreira do nascimento                                        na representação constitucional da nação no comando supremo e autoridade suprema das Forças Armadas

VEJA O DOCUMENTO

comiteCOMITÊ DA INTERVENÇÃO

 

Anúncios

Comentários desativados em COMITÊ DA INTERVENÇÃO

Arquivado em Documentos, Forças Armadas, Notícias do Front, PROJETO AMAZÔNIA

Os comentários estão desativados.