SOBRE A INTERVENÇÃO II

Para os que não entendem de guerra. E tenho notado que NINGUÉM entende. Mesmo sendo de legitima defesa como é o caso da INTERVENÇÃO, a gente não pode pular no inimigo e acabar com ele; e quanto mais vantagem de força tiver para isso, menos violento e mais compreensivo se tem de ser. Pois, legitima defesa não admite covardia e nem excesso de reação. E, a nossa Constituição, ao instituir o POVO NO COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA DAS FORÇAS ARMADAS, impediu os golpes militares. Apesar destes NUNCA terem ocorridos no Brasil e por isso, nossas Forças Armadas são respeitadas no mundo. OU seja, nosso Pais é de 3º mundo, com Forças Armadas de 1º mundo. E isto é muito bom, porque nos dá tranquilidade. Então, os comandantes militares não podem falar nada. E tive um caso antipático neste particular, com dois comandantes, assim, que assumi perante o STF a titularidade interina constituinte de representação do povo no comando supremo e autoridade suprema. Tive de explicar com certa energia que, O POVO, ENQUANTO ESTIVER REPRESENTADO POR MIM nessas patentes não concede tolerância ofensiva da integridade constitucional do Regime. Claro que considerei chato porque TENHO VENERAÇÃO PELOS MEUS SOLDADOS, INDEPENDENTEMENTE DE DIVISAS, PATENTES E BRASÕES, E, embora sabendo que a NOBREZA deles está acima de ressentimentos, eu não me senti bem. Então, não há boletim militar, nem declaração de nenhum tipo nos atos militares de efetivação da INTERVENÇÃO, DE PARTE DOS COMANDANTES. TUDO, SOU EU QUE ENCAMINHO À RECONHECIMENTO E HOMOLOGAÇÃO DO STF PELA PROCURADORIA DA REPUBLICA, COMO A CONSTITUIÇÃO INSTITUI. A declaração de que as Forças Armadas estão executando o que o povo determinou contra a bandidagem no poder é o DESAQUARTELAMENTO das tropas que se tipifica pelo silêncio das FFAA sobre o meu desempenho, porque isso significa na CASERNA, SINAL DE OBEDIÊNCIA E FIDELIDADE, E, por causa das consequencias, notifiquei todos os países de nossas relações diplomáticas lhes dando ciência de que O BRASIL ESTÁ EM REGIME DE INTERVENÇÃO CONSTITUINTE, E NÃO RATIFICARÁ E NEM RECONHECERÁ NENHUM ATO INTERNACIONAL ASSINADO POR DILMA VANA ROUSSEFF OU POR QUALQUER DOS SEUS MINISTROS. EM DESAQUARTELAMENTO, AS FFAA DARÃO RETAGUARDA À POLICIA FEDERAL PARA ELA CONCLUIR A OPERAÇÃO LAVA JATO E INSTALAR A OPERAÇÃO LAVA PÁTRIA.. POIS, COMO A PF É POLÍCIA DA UNIÃO, SE AGREGA CONSTITUCIONALMENTE ÀS FORÇAS ARMADAS. QUE FICAM HÁ DISPOSIÇÃO DOS SUPERINTENDENTES E DELEGADOS DA PF. (Como não temos imprensa para estes esclarecimento, peço às amigas e amigos que passem isto para a frente. Dando a máxima divulgação, para que a nação vá se esclarecendo).

————————–

Reiterando as informações do FRONT DA INTERVENÇÃO, para tranquilidade da nação, informo que AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO DESAQUARTELADAS, CUMPRINDO CONVOCAÇÃO DO COMANDO SUPREMO E AUTORIDADE SUPREMA devidamente reconhecida e homologada pelo STF. E a INTERVENÇÃO sob a responsabilidade delas, está na fase de PRISÃO DE DILMA VANA ROUSSEFF como terrorista em usurpação do cargo de Presidente da República. E, como ela se arrola nos crimes de roubo e demais que destrupiram a Petrobras, e está envolvida também nos roubos na Eletrobras, Correiros, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES, foi arrolada com seu chefe Lula da Silva na Operação Lava Jato. Cujo ADITAMENTO DAS DENÚNCIAS pede a prisão preventiva de ambos, pelas diversas imposições de conduta dos mesmos.

A INTERVENÇÃO ESTÁ INSTALADA. E O QUE A POLICIA FEDERAL ESTÁ FAZENDO SÃO AS PRISÕES QUE AS FORÇAS ARMADAS TERIAM DE FAZER NO GOVERNO. E ISSO TRARIA PROBLEMAS AO PROJETO AMAZÔNIA QUE É O OBJETO DA INTERVENÇÃO. E ESSA PARTE NÃO ANDARIA MAIS DEPRESSA, DO QUE A POLÍCIA FEDERAL ESTÁ FAZENDO, SE ESTIVESSE SENDO FEITA PELAS FORÇAS ARMADAS, TALVEZ FOSSEM ATÉ MAIS DEVAGAR. Logo, a posição da INTERVENÇÃO no momento, é de DESAQUARTELAMENTO DAS FORÇAS ARMADAS, EM RETAGUARDA À POLICIA FEDERAL SE A PF SOFRER QUALQUER TIPO DE ATRAPALHO DE PARTE DE DILMA, AI ENTÃO, O CALDO ENGROSSA,PORQUE IMEDIATAMENTE SERÁ PRESO O MINISTRO DA JUSTIÇA. MAS, PELA PRÓPRIA POLICIA FEDERAL. POIS, ELA ESTÁ EQUIPADA PARA QUALQUER EVENTUALIDADE.

—————————-

Respondendo uma pergunta: O DESAQUARTELAMENTO DAS FORÇAS ARMADAS foi feito por convocação constitucional, respeitosa aos detalhes meritórios da democracia. E elas estão desaquarteladas. Porém, não é as tropas cercando o Palácio do Planalto.Por enquanto, os efetivos de campo não usam farda e nem identificações militares. E,o empreendimento é da Polícia Federal. A prisão da Edilma,por enquanto é CASO POLICIAL que o Magistrado Sergio Moro está conduzindo com cautela e firmeza a nos garantir que Dilma será presa como terrorista comum que é, sem necessidade de requisição das FFAA. Embora o desaquartelamento previna também isso. Agente já deveria ter passado à população cópia da convocação, mas deve ter havido uma falha. Vamos fazer isso.Pois,nada,absolutamente nada está sendo feito em segredo, porque É A EXECUÇÃO IPSO LÍTERIS DA CONSTITUIÇÃO.

Anúncios

Comentários desativados em SOBRE A INTERVENÇÃO II

Arquivado em Comentários

Os comentários estão desativados.